quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

AULA DE HISTÓRIA - 9º ANO - A GUERRA DE CANUDOS


COLÉGIO DEGRAUS
AULA DE HISTÓRIA
PROFESSOR ANDRÉ LUIZ RAIMUNDO
ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DO FILME A GUERRA DE CANUDOS
____________________________________________________________________________
Descrição:
Após terem, estudados o fatos que levaram a queda do Imperador Dom Pedro II, os estudantes irão assistir o filme A guerra de Canudos com o objetivo de compreender a realidade vivida pelas pessoas desse povoado e poder contextualizá-la no cenário político-social estudado.
A sala será divida em pequenos grupos que terão a missão de observar alguns temas específicos trabalhados no filme.
Para isso cada grupo, receberá algumas perguntas que serão respondidas a partir da observação do filme.
Após essa etapa, os estudantes irão socializar as respostas para os demais grupos a fim de que possam construir uma resenha sobre o filme.

Filme: A Guerra de Canudos
O filme A Guerra de Canudos, dirigido por Sérgio Rezende e produzido por Mariza Leão, é uma superprodução brasileira filmada na região onde se passaram os fatos. Foi lançado em 1997, 100 anos após essa guerra, que causou a destruição do povoado. O filme pode ser encontrado em vídeo, distribuído pela Columbia Tristar Home Video, tem duração de 180 minutos e foi exibido também na televisão como minissérie. O objetivo do filme é retratar a Guerra de Canudos, mas é bom lembrar que se trata da versão do diretor sobre os acontecimentos, apresentados segundo sua opinião.

Procure observar o seguinte:
G1
  1. Época e local dos acontecimentos;
  2. Período da História do Brasil a que corresponde e quem governava o país na época;
G2
  1. Condições de vida e problemas enfrentados pela população do sertão nordestino na época e o que fazia para sobreviver;
  2. Quem tomava as decisões nas famílias do sertão nordestino;
G3
  1. Segundo uma personagem do filme, o fotógrafo e jornalista Pedro Martins, quem era considerado cidadão naquela época;

G4
  1. Quem foi Antônio Conselheiro e quais eram suas idéias (o que defendia, o que combatia, por que, como definia o regime republicano e por que as pessoas o seguiam);
G5
  1. Quando, como, onde e por quem foi fundado o povoado de Belo Monte ou arraial de Canudos;
  2. O que Antônio Conselheiro propôs a seus seguidores ao fundar Canudos;
G6
  1. Como eram as casas e as condições de vida em Belo Monte;
  2. O que era produzido em Belo Monte e para quem ficavam os produtos;
G7
  1. O que aconteceu com muitos povoados do Nordeste após a fundação de Belo Monte;
  2. Como Antônio Conselheiro arrecadava dinheiro e mantimentos;
G8
  1. Por quem e quantas vezes os moradores de Belo Monte foram atacados;
  2. Armas e modo que os moradores de Belo Monte usaram para enfrentar o primeiro ataque;
  3. Armas e modo que os moradores de Belo Monte usaram para enfrentar outros ataques, o que os motivava a lutar e a quem atribuíam a culpa pela guerra;
G9
  1. Como a população de Belo Monte era considerada pelos de fora;
  2. Como Conselheiro se referia aos soldados do Exército;
G10
  1. Modo como o Exército pretendia tomar Belo Monte na quarta ofensiva, modo como os soldados do Exército eram recrutados, quantos eram, problemas que enfrentavam e opinião que tinham sobre os sertanejos;
G11
  1. Como a imprensa relatava ao país os acontecimentos de Canudos e por que acontecia isso;
G12
  1. Sentimentos que Antônio Conselheiro despertava nas pessoas e por que isso acontecia;
G13
  1. Modo como eram feitos os registros dos acontecimentos da guerra;
  2. Suspeitas de corrupção levantadas a respeito do abastecimento das tropas do Exército;
G14
  1. Por que o jornalista foi enviado à frente de batalha, opinião que tinha sobre os sertanejos e soldados do Exército e por que foi retirado da região;
  2. Mensagem do presidente da República às tropas do Exército;
G15
  1. Tempo de duração da última batalha;
    O que aconteceu com o povoado de Belo Monte e sua popu
    lação em outubro de 1897;
  2. Quem criticou a atuação do comandante das tropas do Exército e por que criticou.
Para todos
  1. Tente fazer sua análise pessoal a respeito dos acontecimentos e do filme:
  2. Em sua opinião, por que o presidente enviou uma mensagem aos soldados e o que pretendia com isso?
  3. Dê exemplos a respeito de como o fanatismo religioso estava presente na vida da população de Canudos.
  4. Em sua opinião, por que havia o fanatismo religioso?

ORIENTAÇÕES PARA SE FAZER UMA RESENHA
Fonte: Site TEXBR, José Luiz Fion (Dr. em Letras – USP) e Francisco Platão Savioli (Dr. Em Comunicação ECA-USP)
RESENHA DE FILME
Dados completos de uma aventura ou filme, composta de: Sinopse, História, Ambientação, Personagens, Curiosidades, Ficha Técnica e Depoimento.

a) Sinopse - Um máximo de cinco linhas que revela o que estará contido no roteiro da aventura (considerando tamanho 12 em fonte arial). São poucas linhas que devem dar uma idéia geral de toda a história.

b) História - Geralmente esta é a parte maior da resenha, pois embora escrita de forma resumida, pode chegar a 25 ou 50 linhas (ou até mais se a aventura se desenrolar por três, quatro ou mais revistas). É desejável que a resenha não conte o final da história, instigando a curiosidade em quem já leu a aventura para ler novamente e, em quem não leu, para tentar encontrar a revista resenhada. 

c) Ambientação - Parte geralmente muito pequena, que fica em torno de 5 a 10 linhas, pois é uma breve descrição dos locais onde se passam as ações da aventura: o País, o Estado, as cidades, os vilarejos, acidentes geográficos, saloons, estábulo, delegacia, desertos, etc.

d) Personagens - Todos os principais que participam da história.
e) Curiosidades - A critério de cada colaborador: podem ser coisas curiosas da história, dos personagens, incongruências no argumento, falhas na arte, etc. Quanto a tamanho, pode ser do tamanho que o colaborador julgar necessário, mas recomendamos nunca ultrapassar o tamanho do texto escrito na parte HISTÓRIA.

f) Ficha Técnica - Nome do livro ou filme, data de estréia ou preço de capa, Editora, nº de páginas, autor do livro ou roteiro, diretor,  argumento, etc.

g) Depoimento - Sua opinião pessoal sobre a aventura resenhada: história, arte, personagens, filme como um todo ou livro, etc.

Um comentário: